sábado, 17 de maio de 2014

NÃO PLANTEI ÁRVORES MAS ESCREVI "SETE" LIVROS

Flyer do lançamento do livro em Lisboa 



Estes são os meus dois mais recentes seres saídos da maternidade 
a Gráfica de Coimbra. 
Registados com os nomes: 

Convicções e Ceticismos ISBN 978 989 98844 03 


                     O Norte da Minha Bússola ISBN 978 989 98844 27



Em Portugal já são sete, 
mas há mais dois publicados no Brasil 
pela Editora Interciência do Rio de Janeiro!


quinta-feira, 15 de maio de 2014

A CARREIRA DE UM CARREIRISTA


Eu tinha uns 22 anos e ele tinha uns 33. Ele ia doutorar-se e eu estava no meu primeiro emprego, num centro de cálculo, mas com gosto por acompanhar as atividades académicas. Por isso já tinha assistido a provas de doutoramento e fui assistir às dele.

Fiquei muito positivamente impressionado. O diálogo travado entre ele e os membros do júri teve uma elevação que eu não tinha ouvido nos doutoramentos a que anteriormente já tinha assistido. Foi um diálogo sério, sobre pontos significativos da tese do candidato; pareceu-me que foi uma conversa verdadeiramente científica.

Por isso, tendo ficado entusiasmado com o nível do que tinha visto, felicitei sinceramente o candidato no fim das provas: disse-lhe claramente que, na minha opinião, a conversa dele com o júri tinha sido de verdadeiros cientistas.

Espantoso é o que vim a saber mais tarde: o candidato interpretou o meu comentário como estando a fazer troça dele! Ele não acreditava em si próprio! Por isso reagiu assim… e embora eu, na verdade, tenha gostado da maneira como se comportou nas provas, ele, realmente, nunca veio a ser um cientista brilhante: nunca publicou livros didáticos, só umas notas de curso; e trabalhos de investigação seus, nunca apareceram em revistas internacionais e mesmo nas caseiras, além das dissertações requeridas pela carreira académica (doutoramento e concurso para professor extraordinário), só escreveu algumas poucas páginas.

Enfim, não esconderei que senti sempre a antipatia dele por mim, no seguimento das nossas vidas profissionais. Ele cultivou todavia habilmente uma imagem pública que o projetou como se ele fosse um académico de grande envergadura!!


Assim como os gatinhos negros do destino,
é com admiração e regozijo que observamos
tanto as grandes como as pequenas estrelas!